• ALLA

Sobrescrita - Júlia Martins


Razões para escrever - Margarida Fonseca Santos


Capa do livro Razões para escrever de Margarida Fonseca Santos

Num tom autobiográfico, Razões para Escrever relata episódios do ofício, da arte e do amor da palavra escrita. “O meu campo são as palavras”, escreve Margarida Fonseca Santos no início do livro, aconselhando o leitor a brincar com as palavras. Arrumá-las, desarrumá-las e voltar a arrumá-las numa folha branca. O valor dos desafios de escrita reside no entusiasmo e na recuperação do gosto pela escrita. Não são dadas receitas, apenas palavras. O repto é brincar. Neste jogo, as regras rígidas da gramática, da sintaxe são desafiadas para que o leitor, o aprendiz de escrita, o 'brincador' de palavras, saia da sua zona de conforto e aceite a provocação de produzir textos e experimentar situações diferentes, criando novos mundos onde o imperativo é escrever, escrever, escrever.

Escrever para quê? Para estruturar o pensamento, comunicar de forma mais eficaz, para escrever melhor, com mais emoção, apropriação, originalidade e rigor. Para que a palavra se torne um bem precioso.

O incentivo à escrita só faz sentido se houver incentivo à leitura. Ler, ler muito. Não chega ler por ler, é preciso saber ler bem, não ler sempre a mesma coisa. Quanto mais livros se leem, melhor se escreve e mais se amplia o amor pela palavra escrita.

Ler e escrever ajudam-nos a crescer, a formarmo-nos como pessoas. São atividades que dão gozo. É aí que reside o segredo!


03-09-2021

Júlia Martins


SANTOS, Margarida Fonseca - Razões para escrever. 1ª ed.. Portugal: Nósnalinha, 2019. ISBN: 978-989-96513-5-7

Posts Relacionados

Ver tudo
alla_logo_positivo_negativo.jpg